"Rogai por nós pecadores... agora e na hora da nossa morte."


Não, um servidor de Maria não pode perecer! - declara São Bernardo. - Não, aquele por quem Maria se dignou rezar não pode mais ter dúvida de sua salvação e de sua ida à glória do Céu! Não, aquele pelo qual Maria rezou uma vez não perecerá! Não, quem recitou piedosamente todos os dias a Ave Maria não será abandonado na última hora. Esta oração possui todas as qualidades capazes de torná-la infalivelmente vitoriosa.

Em primeiro lugar, ela é santa em sua motivação. Com efeito, o que pedimos por ela? A perseverança final "na hora de nossa morte." Depois, ela é humilde. Por ela confessamos a Maria Santíssima nossa miséria, revestindo-nos de um título que nos convém tão bem: "pobres pecadores."Ela é também confiante, pois nos dirigimos à mais poderosa intercessora que pode haver, Àquela que é chamada de "Onipotência suplicante", em vista de sua santidade proeminente e de sua dignidade incomparável de Mãe de Deus: "Santa Maria, Mãe de Deus."

Esta oração é perseverante. Qual oração pode ser mais perseverante? Ainda que, por suposição, só rezássemos uma Ave Maria por dia, quantas vezes durante nossa vida teríamos pedido a Ela para interceder por nós na hora da morte? E como será então se rezarmos ao menos uma dezena do Rosário? Mais ainda se tomarmos o costume de rezar diariamente um terço inteiro? Será possível que Maria Santíssima, tão zelosa de nossa salvação, não nos ouça? Não! Isso é impossível! A isso se opõem as promessas, os juramentos de Jesus Cristo Nosso Senhor relativos à oração, assim como a bondade e a ternura de sua Mãe Santíssima.

Tomemos, pois, a resolução de rezar todos os dias de nossa vida, com uma nova fé, uma nova confiança e um novo cuidado, esta curta mas tão bela oração da Ave Maria. Assim obteremos a cada dia aquelas graças particulares das quais precisamos e, sobretudo, a graça necessária no fim da vida, a maior delas, a mais importante de todas as graças, a graça da perseverança final. 

- O Amigo do Clero
"Rogai por nós pecadores... agora e na hora da nossa morte." "Rogai por nós pecadores... agora e na hora da nossa morte." Reviewed by Francisco Nascimento on 11:45 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.