Confissão de Fé feita por Vasco da Gama ao xeque muçulmano da ilha de Moçambique

A Lei tenho d'Aquele a cujo império
Obedece o visibil e invisibil,
Aquele que criou todo o Hemisfério,
Tudo o que se sente e todo o insensibil;

Que padeceu desonra e vitupério,
Sofrendo morte injusta e insofribil,
E que do Céu à Terra, enfim, deceu,
Por subir os mortais da Terra ao Céu.

Deste Deus-Homem, alto e infinito,
Os Livros que tu pedes não trazia,
Que bem posso escusar trazer escrito
Em papel o que na alma andar devia.

Luís de Vaz Camões in 'Os Lusíadas' (Canto I, 65-66)
Confissão de Fé feita por Vasco da Gama ao xeque muçulmano da ilha de Moçambique Confissão de Fé feita por Vasco da Gama ao xeque muçulmano da ilha de Moçambique Reviewed by Francisco Nascimento on 11:17 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.