QUEM NÃO PRECISA DE UMA «ESTRELINHA»?


Todos nós sentimos que pouco conseguimos sozinhos. Na existência, não basta a competência. Precisamos também de uma «estrelinha»: não da «estrelinha da sorte», mas de uma «estrelinha» com luz forte. Foi esta «estrelinha» que os magos guiou e que ao seu destino os levou. Mais que no firmamento, esta estrelinha brilhou por dentro. Foi sobretudo no coração que esta estrela acendeu um grande clarão.

A estrela é o próprio Jesus. É Jesus quem nos conduz. É Jesus quem nos indica como O havemos de procurar e onde O podemos encontrar. Como os magos, ponhamo-nos a caminho pois a estrela não deixa ninguém sozinho. Só quem — como Herodes — se recusa a ver é que esta estrela poderá perder.

Sigamos, então, a estrela. Afinal, o Deus que nos visita também Se deixa visitar, o Deus que vem ao nosso encontro também Se deixa encontrar: pelos de perto, como os pastores (cf. Lc 2, 16) e pelos de longe, como os magos (cf. Mt 2, 1).

Como bem notou São Paulo, todos, em Cristo Jesus, «pertencem ao mesmo Corpo e beneficiam da mesma Promessa» (Ef 3, 6). Caem por isso os muros, só ficam as pontes. Todos estamos ligados a todos através do Pontífice, isto é, d’Aquele que faz as pontes: Jesus.

Frei Francisco Bezerra do Nascimento, OFMConv.

QUEM NÃO PRECISA DE UMA «ESTRELINHA»? QUEM NÃO PRECISA DE UMA «ESTRELINHA»? Reviewed by Francisco Nascimento on 03:24 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.