PARA ESTAR NO MUNDO, A PAZ TEM DE ESTAR EM CADA PESSOA


O hebraico «shalom» contém muito mais. A paz, aqui, é anterior a qualquer esforço humano. É um dom de Deus que faz o homem sentir-se completo, integral. É por isso que a paz só estará no mundo se estiver em cada pessoa que há no mundo. Antes da negociação, é fundamental pugnar pela conversão à paz. Jesus, no Sermão da Montanha, considera felizes os construtores da paz. Só eles serão «chamados filhos de Deus» (Mt 5, 9).
Importa perceber que o primeiro sinal de Deus é a paz. Quando Deus vem à terra em forma de criança, os enviados celestes entoam um cântico que diz tudo: «Glória a Deus nas alturas e paz na terra» (Lc 2, 14). A paz desponta, assim, como o grande indicador de que Deus já está entre nós.

Desde 1968, o dia de ano novo tornou-se também o Dia Mundial da Paz. Pretendia São Paulo VI colher inspiração na invocação que, neste dia, se faz de Jesus e de Maria: «Estas santas e suaves comemorações devem projetar a sua luz de bondade, de sabedoria e de esperança sobre o modo de pedirmos, de meditarmos e de promovermos o grande e desejado dom da paz». Com aquele grande Papa, continuamos a pedir para que «seja a paz, com o seu justo e benéfico equilíbrio, a dominar o processamento da história no futuro».

Para 2019, o Papa Francisco propõe um tema de suma pertinência: «A boa política está ao serviço da paz». Com efeito, quando não está ao serviço da paz, nenhuma política é boa. Para isso, tem de haver confiança e respeito.



Frei Francisco Bezerra do Nascimento, OFMConv.

PARA ESTAR NO MUNDO, A PAZ TEM DE ESTAR EM CADA PESSOA PARA ESTAR NO MUNDO, A PAZ TEM DE ESTAR EM CADA PESSOA Reviewed by Francisco Nascimento on 04:09 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.