Agraciado no matrimônio

Há doze anos nesta data a minha mulher e eu concretizámos perante Deus na Igreja de Nossa Senhora da Luz em Lisboa a união que havíamos celebrado há mais de quarenta e oito anos. Já éramos pais e avós, mas foi um momento muito intimo e de grande alegria para toda a família.

Muitos não sustiveram a curiosidade e na altura perguntaram porquê depois de tantos anos e a explicação ainda que simples, por fé e amor ao Senhor, pareceu não haver a todos convencido. Na verdade, com o passar dos anos, hoje o nosso exemplo é olhado com admiração e respeito, e por nós com alegria, amizade e amor.

Se há algum casamento a que se possa aplicar a grande verdade, que as relações matrimoniais se constroem e solidificam com o tempo, é o nosso que atravessou todas as tempestades, sobretudo devido à firmeza de carácter e amor aos filhos da minha mulher sem ela dificilmente teríamos chegado até aqui, ou seja, ela foi e é de facto a grande heroína desta bonita história com quase cinco décadas.

Mais do que falar de nós ou do nosso passado, espero que o nosso testemunho de vida possa contribuir como exemplo aos mais jovens e que também eles não se deixem levar por egoísmos que descuram o bem de terceiros, nomeadamente dos filhos e toda a família.

É claro, nada seria como tentei descrever sem a proteção do Senhor e da Imaculada Conceição que hoje festejamos na Igreja, por isso ‘last, but far from being the least’ no meu coração e orações hoje soa o louvor e a gratidão.
Agraciado no matrimônio Agraciado no matrimônio Reviewed by Francisco Nascimento on 16:42 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.