São Pio V, um Santo para os nossos dias?

São Pio V, grande Papa do século XVI, foi um incrível homem de oração e piedade, mas que também primou pela autoridade e excelentes qualidades de governo, juntamente com muito sacrifício e humildade. Apesar disto, é um Santo que por vezes é mal visto nos dias de hoje. 

O nome de São Pio V está associado à "Missa Tridentina" ou "Missa Antiga" ou, simplesmente, "Missa de São Pio V". No entanto, essa Missa em latim já existia pelo menos desde o século VI, com S. Gregório Magno, e era já bastante parecida com o que existe hoje em dia nas (ainda) poucas igrejas em que é celebrada. O Cânone Romano vem de tempos apostólicos.

São Pio V limitou-se a uniformizar a liturgia onde fosse necessário (especialmente por perigo de heresias que tinham alterado os vários ritos existentes), passando o Rito Romano a ser muito mais predominante do que era antes no Ocidente. Com as descobertas foi este o Rito que foi levado pelos missionários até às Américas, e também para África e Ásia.

São Pio V foi nomeado Bispo de Roma três anos depois da conclusão do Concílio Trento, e foi sob o seu pontificado que os frutos do Concílio de Trento tomaram efeito na Igreja. Isto aconteceu não só com a publicação de um Catecismo, mas também com uma série de medidas que tomou: aumentou o nível de austeridade na corte papal, banindo qualquer tipo de luxo que pudesse existir, obrigou os sacerdotes a serem fiéis às suas dioceses e suplicou aos cardeais que vivessem vidas simples e piedosas.

Apesar dos enormes esforços e ansiedades que suportava no seu cargo, manteve-se fiel às suas práticas de piedade, fazendo pelo menos duas meditações de joelhos em frente ao Santíssimo Sacramento todos os dias. Nos primeiros anos de pontificado, começou por dar muitos bens aos pobres, por visitar os hospitais, lavar os pés dos sem-abrigo, abraçar os leprosos, ... É conhecida a história de um nobre que se converteu ao ver o Santo Padre beijar os pés de um pedinte cheio de úlceras. 

Além do mais, São Pio V era dominicano e, como qualquer filho de S. Domingos, tinha uma grande devoção a Nossa Senhora e ao Terço. A invocação "Auxílio dos Cristãos" foi acrescentada por ele à Ladainha a Nossa Senhora, na sequência da vitória que os Cristãos alcançaram contra o turcos, na Batalha de Lepanto. Esta vitória ocorreu no dia 7 de Outubro de 1571, que ainda hoje a Igreja celebra como o dia de Nossa Senhora do Rosário.
São Pio V, um Santo para os nossos dias? São Pio V, um Santo para os nossos dias? Reviewed by Francisco Nascimento on 06:21 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.