O sacrifício da Missa sempre foi oferecido virado para Deus

O sacerdote coloca-se diante do altar do sacrifício, não atrás. O mesmo fazia o sacerdote entre os pagãos. No santuário, o seu olhar se dirigia para a representação da divindade a quem se oferecia o sacrifício. 

O mesmo se fazia no Templo de Jerusalém, onde o sacerdote encarregado de oferecer a vítima se colocava diante da “mesa do Senhor” (cf. Ml 1,12), como se chamava o grande altar dos holocaustos situado no centro do Templo, de frente para o templo interior, que guardava a arca da aliança no Santos dos Santos, lugar onde habita o Altíssimo (cf. Sl 16,15). 

O celebrante está separado da multidão e põe-se diante desta, diante do altar e voltado para a divindade. Sempre as pessoas que oferecem um sacrifício estão voltadas para aquele a quem se destina o sacrifício e, nunca, para os que participam na cerimónia.

Klaus Gamber in 'Voltados para o Senhor' (pág. 27 - tradução de Luís A. R. Domingues, ARS)
O sacrifício da Missa sempre foi oferecido virado para Deus O sacrifício da Missa sempre foi oferecido virado para Deus Reviewed by Francisco Nascimento on 16:47 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.