Falsa liberdade

São almas que fazem barricadas com a liberdade. A minha liberdade, a minha liberdade! Têm-na e não a seguem; olham-na e põem-na como um ídolo de barro dentro do seu entendimento mesquinho. É isso liberdade? Que aproveitam dessa riqueza sem um compromisso sério, que oriente toda a existência? 

Um tal comportamento opõe-se à categoria própria, à nobreza, da pessoa humana. Falta a rota, o caminho claro que oriente os seus passos na terra; essas almas – decerto já as encontraram, como eu – depressa se deixarão arrastar pela vaidade pueril, pela presunção egoísta, pela sensualidade. 

S. Josemaria Escrivá in Amigos de Deus, 28–29
Falsa liberdade Falsa liberdade Reviewed by Francisco Nascimento on 04:11 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.