É IMPOSSÍVEL AMAR A DEUS NÃO AMANDO O PRÓXIMO


Jesus está em sintonia com a Lei. Situa o amor a Deus no Livro do Deuteronômio 6, 5: «Amarás o Senhor, teu Deus, com todo o teu coração, com toda a tua alma e com todas as tuas forças».

E enquadra o amor ao próximo no Livro do Levítico 19, 18: «Amarás o próximo como a ti mesmo». Aqui, cita uma outra passagem da Lei.

Se este segundo mandamento é semelhante ao primeiro, podemos concluir que ele não é apenas segundo, mas que também faz parte do primeiro. Sendo assim, o amor a Deus é realizado no amor ao próximo. É impossível amar a Deus não amando o próximo. Só amando o próximo mostraremos que amamos a Deus.

Aliás, já São João perguntava: «Quem não ama o irmão que vê, como pode amar a Deus que não vê?» (1Jo 4, 20). Por isso — prossegue o mesmo apóstolo — «quem ama a Deus, ame também o seu irmão» (1Jo 4, 21).

Frei Francisco Bezerra do Nascimento, OFMConv.

É IMPOSSÍVEL AMAR A DEUS NÃO AMANDO O PRÓXIMO É IMPOSSÍVEL AMAR A DEUS NÃO AMANDO O PRÓXIMO Reviewed by Francisco Nascimento on 01:47 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.