A importância e obrigatoriedade do hábito religioso - Irmã Lúcia

Comentário da Irmã Lúcia à aparição de Nossa Senhora do Carmo no dia 13 de Outubro de 1917, no momento do milagre do Sol:

A aparição de Nossa Senhora do Carmo tem, a meu ver, o significado de uma plena consagração a Deus. Mostrando-Se revestida de um hábito religioso, Ela quis representar todos os outros hábitos pelos quais se distinguem as pessoas inteiramente consagradas a Deus, dos simples cristãos seculares.

Os hábitos são o distintivo de uma consagração, um resguardo do decoro e da modéstia cristã, uma defesa da pessoa consagrada. São para as pessoas consagradas o mesmo que a farda é para os soldados, e os galões para um graduado: distingue-os e mostra o que são e o lugar que ocupam, obrigando-os também a um comportamento digno da respectiva condição.

Por isso, deixar o hábito religioso é retroceder; é confundir-se com aqueles que não foram chamados nem escolhidos para mais; é despojar-se de uma insígnia que os distingue e eleva; é descer a um nível inferior, para poder viver como aqueles que não são tanto. 

in Irmã Lúcia, Apelos da Mensagem de Fátima
A importância e obrigatoriedade do hábito religioso - Irmã Lúcia A importância e obrigatoriedade do hábito religioso - Irmã Lúcia Reviewed by Francisco Nascimento on 06:58 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.