Sobre os Anjos da Guarda

A missão do Anjo da Guarda

O Anjo da Guarda tem uma missão insubstituível ao longo da existência! Embora sempre silencioso e oculto, inspira a prática das boas intenções e das boas obras; ilumina o espírito na busca da verdade; sugestiona a mente afastar-se da doutrina errada; insinua sugestões a problemas de difícil solução; conduz as pessoas a cultivarem santos ideais, com o objetivo maior de dilatar cada vez mais o reino de Deus; estimula a pratica da fidelidade, da justiça e do amor fraterno, zelando e orientando as pessoas pelo caminho da salvação eterna.

Devoção ao Anjo da Guarda

Havemos de venerar e invocar devotamente o santo anjo da guarda porque:

1. Ele é um eminente príncipe da corte celeste;
2. Ele foi-nos designado por Deus como nosso companheiro, protector e guia.

Lembra-te sempre da sua presença, e nunca faças à vista dele o que não ousarias fazer à vista da tua mãe. Em todos os perigos corporais e espirituais, invoca-o e segue as suas inspirações. Não te esqueças de que também o teu semelhante tem o seu anjo custódio. Saúda também a este anjo muitas vezes, e regula o teu procedimento com o próximo em conformidade com essa verdade.

Fr. António Wallenstein, O.F.M. in 'Catecismo da Perfeição Cristã' 

Oração ao Anjo da Guarda 

Meu Santo Anjo da Guarda
Tu que me foste dado por Deus
como companheiro de toda a minha vida,
salva-me para a eternidade e cumpre
a tua obrigação para comigo,
a qual te foi imposta pelo Deus do Amor.

Sacode-me na tibieza
e livra-me da minha fraqueza.
Preserva-me de qualquer caminho
e pensamento errado.


Abre-me os olhos para Deus e para a cruz.
Fecha-me, no entanto, os meus ouvidos
às inspirações do inimigo maligno.

Vela sobre mim
enquanto durmo, e fortifica-me durante
o dia para o cumprimento do dever
e para cada sacrifício.

Deixa-me ser, um dia, a tua alegria
e a tua recompensa no Céu
Assim seja!
Sobre os Anjos da Guarda Sobre os Anjos da Guarda Reviewed by Francisco Nascimento on 12:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.