Que lugar para Cristo nas festas cristãs?

Os nossos lábios não parecem andar muito longe de Deus. Mas será que o nosso coração está possuído por Deus? Que lugar há para Cristo em tantas festas que se dizem cristãs? Que lugar há para Maria e para os Santos nas romarias que lhes são dedicadas?
Às vezes, dá a impressão de que a Virgem Maria e os Santos são meros pretextos para a festa. Se eles fossem o verdadeiro motivo da festa, o centro da festa seria a Eucaristia. Foi, na verdade, a Eucaristia que fermentou no seio de Maria e transformou a vida dos Santos. Uma festa genuinamente cristã pensaria mais nos pobres e nos que sofrem. Uma festa genuinamente cristã seria, por isso, menos gastadora e mais solidária. Ainda temos muito a aprender, muito a crescer.

  1. Os antigos procuraram cristianizar algumas festas pagãs. Não deixemos que, hoje, se repaganizem as festas cristãs. Grande deve ser a festa de alguns dias. Maior há-de ser a festa de todos os dias. É certo que, por natureza, a festa pertence ao excepcional, ao que foge à rotina do quotidiano. Mas não seria apaixonante tornar excepcional o quotidiano?
Não façamos da festa uma ocasião para degradar a natureza humana, obra de Deus. Não afoguemos o nosso corpo em álcool. Não nos embriaguemos com vinho; embriaguemo-nos, sim, mas de fé, de esperança e de amor.


Frei Francisco Bezerra do Nascimento, OFMConv.
Que lugar para Cristo nas festas cristãs? Que lugar para Cristo nas festas cristãs? Reviewed by Francisco Nascimento on 05:31 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.