Um só corpo no mesmo Corpo

  1. Não falta quem, como Hipócrates, reconheça que «o homem é aquilo que come». Assim sendo, se nós comemos Cristo, então podemos dizer que todos nós somos Cristo. E, de facto, ser cristão não é só seguir Cristo, ser cristão é ser Cristo. Ser cristão é acolher Cristo. Ser cristão é perceber que Cristo Se transforma em nós para que nós nos transformemos em Cristo.
Neste e nos próximos domingos, o Evangelho apresenta-nos Cristo como pão e apresenta-nos o pão como figura de Cristo. É Cristo que nos alimenta, é Cristo que sacia a nossa fome. E uma vez que é o mesmo pão que comemos, então, como exorta São Paulo, formamos todos um só corpo (cf. Ef 4, 4).

  1. Toda a liturgia deste 17º Domingo do Tempo Comum se faz eco da preocupação de Deus em saciar a fome da humanidade. Não se trata apenas da fome corporal, mas de todas as fomes, incluindo também a fome espiritual, a fome de sentido, a fome de esperança, a fome de felicidade.
Mas Deus vai mais longe. Ele quer saciar a fome do homem através do homem. É através de nós que o pão tem de chegar a todos os famintos desta vida. No fundo, Deus está em quem tem fome e em quem faz tudo para saciar a fome.


Frei Francisco Bezerra do Nascimento
Um só corpo no mesmo Corpo Um só corpo no mesmo Corpo Reviewed by Francisco Nascimento on 02:23 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.