SEJAMOS OS «MICROFONES» DE DEUS


Será, entretanto, que estamos atentos aos sinais da vinda de Deus? Precisamos de atenção para ver Deus no que é pequeno e precisamos de paciência para acompanhar o crescimento do Seu Reino, que é lento.
Nestas duas parábolas, Jesus compara o Reino de Deus à semente e ao grão de mostarda. Neste caso, diz mesmo que é a mais pequena de todas as sementes (cf. Mc 4, 31). A semente da mostarda tem um diâmetro aproximado de 1,6 milímetros. Jesus tem o cuidado de ressalvar que, depois de lançada à terra, a semente «começa a crescer» (Mc 4, 32). Isto é, dá a entender que não se trata de um crescimento repentino ou apressado. É um crescimento pausado e, por isso, consolidado. Daí que se torne a «maior de todas as plantas da horta» (Mc 4, 32). A árvore que resulta desta pequena semente chegava a ter uma altura de 2 a 4 metros.

Por conseguinte, não tenhamos medo dos pequenos começos nem dos pequenos sinais. Tudo o que é grande começou por ser pequeno. E, em Jesus Cristo, Deus faz questão de Se identificar preferencialmente com os mais pequenos (cf. Mt 25, 40).
Também não desanimemos diante do crescimento aparentemente lento. Aliás, não é a nós que cabe definir o ritmo do crescimento nem o tempo da colheita. A nós cabe cuidar da semente, sabendo que ela cresce sem sabermos como (cf. Mc 4, 27). Deus gosta de surpreender e, como observou São Paulo, é Deus quem faz crescer (cf. 1Cor 3, 6). Ele quer agir através de nós, mas a iniciativa é sempre Sua. Estejamos, portanto, disponíveis e nunca deixemos de estar confiantes. O Reino de Deus vai crescer, o Reino de Deus está a crescer. Às vezes, é quando parece mais escondido que ele está mais manifesto. Como dizia D. Óscar Romero, é bom que nos disponhamos a ser os «microfones de Deus». Porque a Sua voz nunca deixará de se fazer ouvir.


Frei Francisco Bezerra do Nascimento, OFMConv.

SEJAMOS OS «MICROFONES» DE DEUS SEJAMOS OS «MICROFONES» DE DEUS Reviewed by Francisco Nascimento on 02:44 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.