NÃO É A EUCARISTIA QUE NOS IMPEDE DE FAZER O BEM


A celebração do Domingo consistiu sempre na celebração da Eucaristia, na dupla mesa da Palavra e do Pão. Mártires muito antigos morreram a proclamar que «não podemos viver sem o Domingo». O que, fundamentalmente, quer dizer que não podemos viver sem a Eucaristia.

Não esqueçamos, por isso, o terceiro Mandamento da Lei de Deus nem o primeiro Mandamento da Santa Igreja. O terceiro Mandamento da Lei de Deus lembra-nos a obrigação de santificar o Domingo (que é o novo Sábado) e Festas de Guarda. Por sua vez, o primeiro Mandamento da Santa Igreja concretiza em que consiste essa santificação: participar na Missa inteira no Domingo e Festas de Guarda.

Não é a Eucaristia que nos impede de fazer o bem. Pelo contrário, a Eucaristia é o mais poderoso estímulo para a prática do bem. Quem celebra o bem que Deus faz pela humanidade não pode deixar de se comprometer na promoção do bem pela humanidade.

Nunca esqueçamos que a Missa não tem fim. O «ide em paz» não é uma despedida, mas um envio. Terminada a celebração sacramental, tem de começar a celebração existencial. E a celebração existencial da Eucaristia consiste na prática do bem, na vivência do amor fraterno.


Frei Francisco Bezerra do Nascimento, OFMConv.

NÃO É A EUCARISTIA QUE NOS IMPEDE DE FAZER O BEM NÃO É A EUCARISTIA QUE NOS IMPEDE DE FAZER O BEM Reviewed by Francisco Nascimento on 07:17 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.