DEUS QUER «PRECISAR» DE NÓS



A terra está grávida de céu. O tempo arde com saudades da eternidade. Será que nos vamos recusar a ser morada de Deus? Ele, o Senhor que tudo pode, quer atuar humanamente. Ele quer chegar ao homem fazendo-Se homem em cada homem. Como Jesus é a transparência do Pai — «quem Me vê, vê o Pai» (Jo 14, 6) —, cada um de nós é chamado a ser a transparência de Jesus.
Essa transparência é ontológica e há-de procurar ser testemunhal. Ou seja, nós, que pelo Baptismo já somos habitação de Deus, estamos chamados a ser o eco da Sua presença através do nosso testemunho: concretamente, através das nossas palavras, dos nossos gestos e sobretudo do nosso amor.

Não tenhamos medo das dificuldades. As dificuldades podem ser fortes, mas não são mais fortes que a força de Deus. Tal como a semente enfrenta muitos obstáculos no seu crescimento, também o Reino de Deus depara com muitas adversidades. Mas Deus está presente e (poderosamente) atuante.
Não entremos em euforia com os êxitos, mas também não desfaleçamos perante os problemas. Os problemas existem, mas não existem para nos vencerem. Os problemas existem para serem vencidos com a ajuda de Deus. O Evangelho deste Domingo garante-nos que Deus tem para nós um projeto de vida e salvação. Pode parecer que a nossa história caminha entregue ao acaso ou às flutuações dos acontecimentos. Só que o acaso é aquilo de que não sabemos as causas. Mas, mesmo naquilo que não sabemos, sempre podemos saber que Deus está e caminha conosco.


Frei Francisco Bezerra do Nascimento, OFMConv.

DEUS QUER «PRECISAR» DE NÓS  DEUS QUER «PRECISAR» DE NÓS Reviewed by Francisco Nascimento on 02:50 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.