O FILHO QUE ASCENDE AO CÉU E A MÃE QUE DESCE DO CÉU


Ascensão e Descensão. Celebramos hoje a Ascensão de Jesus. E assinalamos hoje a Descensão da Mãe de Jesus. Há dois mil anos, o Filho ascendeu ao Céu. E, há 101 anos, a Mãe desceu do Céu. Jesus sobe ao Céu para nos preparar um lugar no Céu (cf. o 14, 2). Maria desce do Céu para que nos preparemos para habitar nesse lugar do Céu.
Entre a Ascensão de Cristo e esta Descensão de Maria flui o mesmo — e único — mistério pascal. Maria vem para que todos possam entrar pelas portas que Jesus abriu. As portas que Jesus abriu são as portas da salvação. Nelas podemos entrar pelos caminhos da conversão. Nas nossas vidas incertas, é bom sentir que estas portas estão sempre abertas. Mas, ao mesmo tempo, é importante que não esqueçamos isto: o único salvador é Jesus Cristo. Só fazendo o que Ele diz (cf. Jo 2, 5), a nossa vida será feliz.

A Ascensão de Jesus não é uma despedida, mas uma presença nova. Jesus não deixou o Pai quando veio até ao mundo e, agora, não deixa o mundo quando volta até ao Pai. Jesus, que nos mostrou o Pai, Jesus (e)leva-nos para o Pai. É também a nossa humanidade redimida, salva e transfigurada que vai com Ele. Nós (já) estamos com Ele na eternidade; Ele (ainda) está connosco no tempo.
Enfim, o Céu continua na Terra e a Terra como que já está no Céu. Em Jesus Cristo, a eternidade e o tempo entrelaçam-se: não subsistem um sem o outro. No tempo que vivemos na Terra, já somos verdadeiramente «cidadãos do Céu» (Fil 3, 20), habitantes da «Casa do Senhor» (Sal 122, 1).

Frei Francisco Bezerra do Nascimento, OFMConv.

O FILHO QUE ASCENDE AO CÉU E A MÃE QUE DESCE DO CÉU O FILHO QUE ASCENDE AO CÉU E A MÃE QUE DESCE DO CÉU Reviewed by Francisco Nascimento on 03:11 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.