TODOS OS DIAS, TODO O TEMPO


Páscoa é todos os dias, Páscoa é todo o tempo.
Páscoa não foi. Páscoa é. A Páscoa não passa. A Páscoa é passagem, mas nunca é passado.
A Páscoa não foi apenas há oito dias. A Páscoa também é hoje.
Também hoje, Senhor, vens ter conosco. Também hoje nos dás a Tua paz, o Teu perdão, o Teu amor.
O Teu mandamento não é pesado, o Teu jugo é suave, a Tua carga é leve.
Quando Te amamos, amamos também as pessoas. Quando amamos as pessoas, amamos-Te também a Ti.
Também hoje, queremos ter um só coração e uma só alma.
Também hoje, queremos pôr tudo em comum.
Também hoje, queremos que ninguém passe necessidade, que ninguém tenha fome.
Também hoje, queremos conjugar, com os lábios e com a vida, o verbo «dar», o verbo «repartir», o verbo «amar».
O que é de cada um queremos que seja de todos.
Ajuda-nos, Jesus, a vencer a pior doença: o egoísmo.
Ensina-nos, Jesus, a vencer a falsidade e a mentira.
Envolve-nos, Jesus, com a Tua misericórdia e habita-nos com a Tua bondade.
Obrigado, Jesus, por morreres por nós.
Obrigado, Jesus, por ressuscitares para nós.
Obrigado por vires sempre ao nosso encontro.
Como S. Tomé, também hoje Te adoramos, também hoje Te dizemos:
«Meu Senhor e meu Deus!»


Frei Francisco Bezerra do Nascimento, OFMConv.

TODOS OS DIAS, TODO O TEMPO TODOS OS DIAS, TODO O TEMPO Reviewed by Francisco Nascimento on 06:10 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.