SIGNIFICADO DO NÚMERO 40


O tempo de Deus chegou e chegou para ficar. A Quaresma, preparando-nos para a celebração anual da Páscoa, já acontece depois da Páscoa, já acontece em tempo de Páscoa. Vivemos a Quaresma porque estamos em Páscoa desde há dois mil anos. É, portanto, num clima pascal que iniciamos a Quaresma. E que pode haver de mais pascal do que o apelo à conversão que atravessa já este Primeiro Domingo? A conversão «pascaliza-nos», permitindo-nos mudar na vida e ajudando-nos a mudar de vida.
A esta luz, entende-se que, inicialmente, a preparação da Páscoa durasse apenas três dias. Naquela altura, os cristãos viviam tão entranhadamente a vida cristã — a que nem faltava o martírio —, que não havia necessidade de um tempo especial para responder ao apelo à conversão. Nessa altura, não havia muita preparação porque havia muita vivência. Os cristãos tinham uma consciência aguda de que a sua vida era pascal. Por isso, a penitência era contínua. Não havia necessidade de um jejum especial porque a prática do jejum era habitual.

Nem a iminência da morte amortecia a eminência da fé. Curiosamente, se não havia formalmente 40 dias de preparação para a Páscoa, já havia 50 dias de celebração da Páscoa, até ao Pentecostes. Foi por volta do ano 350 que os cristãos entenderam que três dias de preparação era pouco para uma festa tão grande. Decidiram, então, optar por 40 dias.
O número 40 é muito significativo na Sagrada Escritura. Está sempre ligado à preparação de algo importante. Por exemplo, o dilúvio — que foi como que a preparação de uma nova humanidade, purificada pelas águas — durou 40 dias e 40 noites (cf. Gén 7, 4). Foi ao longo de 40 anos que o povo eleito caminhou pelo deserto rumo à terra prometida (cf. Deut 2, 7; 8, 4). Foi também de 40 dias o prazo fixado para a destruição de Nínive (cf. Jn 3, 4). O profeta Elias caminhou 40 dias e 40 noites para chegar ao monte de Deus, o Horeb (cf. 1Rs 19, 8). Moisés jejuou 40 dias e 40 noites (cf. Deut 9, 9). E, como sabemos, foi também esta a duração do jejum de Jesus (cf. Mt 4, 2).


Frei Francisco Bezerra do Nascimento, OFMConv.

SIGNIFICADO DO NÚMERO 40 SIGNIFICADO DO NÚMERO 40 Reviewed by Francisco Nascimento on 01:48 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.