O BATISMO DE JESUS

Tinha Jesus Cristo “necessidade” de ser baptizado?
Claro que não!

Mas Jesus quis fazer-se em tudo igual a nós, pecadores, embora n’Ele não houvesse pecado.
Quis assim mostrar-nos que a “porta” de entrada para os filhos de Deus, se dá pelo Batismo e que, pelo Batismo, nos tornamos filhos de Deus, templos do Espírito Santo.
No Batismo de Jesus, revela-se a Santíssima Trindade, no Filho que se baptiza, no Pai que dá a voz e no Espírito Santo que se derrama.
Podemos dizer que deixando-se baptizar, Jesus Cristo, “sacramentaliza” o Baptismo, prenunciando já aquilo que vai dizer aos seus Apóstolos após a Sua Ressurreição.

«Foi-me dado todo o poder no Céu e na Terra. Ide, pois, fazei discípulos de todos os povos, baptizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a cumprir tudo quanto vos tenho mandado. E sabei que Eu estarei sempre convosco até ao fim dos tempos.» Mt 28, 18-20

E também nos quis mostrar a humildade como virtude de comunhão com Deus, porque sendo Ele verdadeiro Homem, mas também verdadeiro Deus, não tinha “necessidade” de se deixar baptizar, e ainda por cima por um homem.
Mais ainda, fê-lo publicamente, à frente de todos, porque o Batismo embora sacramento “individual” para cada um dos que se baptiza, é sempre, ou assim deve ser, sacramento comunitário, sacramento da família de Deus, reunida em Igreja.

Por vezes nós queremos ou gostávamos, que os batizados dos nossos filhos e netos fossem assim uma festa para a nossa família, como se se tratasse de algo pessoal, que só à nossa família diz respeito.
E realmente diz respeito à nossa família, mas é à nossa família de Deus, que se faz presente na comunidade reunida em nome de Jesus Cristo, cuja porção mais próxima é a nossa comunidade paroquial.
Por isso as paróquias escolhem dias para os batismos ao longo do ano, e os mesmos são celebrados nas Missas Dominicais ou na Vigília Pascal, para que a comunidade esteja reunida e celebre a festa do “novo” nascimento, daquele que tendo nascido para a vida, nasce então pelo Batismo para Deus.

«Em resposta, Jesus declarou-lhe: «Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer do Alto não pode ver o Reino de Deus.»
Perguntou-lhe Nicodemos: «Como pode um homem nascer, sendo velho? Porventura poderá entrar no ventre de sua mãe outra vez, e nascer?»
Jesus respondeu-lhe: «Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no Reino de Deus.» Jo 3, 3-5
O BATISMO DE JESUS O BATISMO DE JESUS Reviewed by Francisco Nascimento on 18:33 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.