ESTE NÃO É O TEMPO DE FAZER AS «TENDAS»


A brancura das vestes de Jesus não era terrena (cf. Mc 9,3). Nós, na terra, somos convidados a transfigurar-nos em seres não apenas terrenos. A aparição de Elias juntamente com Moisés (cf. Mc 9, 4) é como uma espécie de adesão do Antigo Testamento em relação a Jesus. Ele é o esperado. Ele é o Messias anunciado pela Lei (figurada em Moisés) e antecipado pelos Profetas (representados por Elias).
Ele é o novo Moisés, aquele que vai guiar o povo para a verdadeira libertação, já não pelas águas do Mar Vermelho, mas pelas águas do Baptismo. E Ele é o definitivo profeta, que transfigura o nosso ser e nos encaminha para a Verdade e para a Vida (cf. Jo 14, 6).

A reação de Pedro é compreensível. Ele sente que é bom estar ali, com Jesus transfigurado (cf. Mc 9, 5). Por isso, quer fazer três tendas (cf. Mc 9, 5). Acontece que Pedro não sabia — nem podia saber — o que estava a dizer (cf. Mc 9, 6). Ele queria já permanecer com Jesus glorioso. Só que, antes, é preciso acompanhar Jesus crucificado. Sabemos que tal não foi fácil para Pedro. Será que é fácil para algum de nós?
Antes de armar a tenda junto de Jesus glorioso, é preciso levar Jesus junto de tantos que não têm tendas: nem para dormir, nem para comer, nem para viver, nem para trabalhar. Este ainda não é o tempo de descansar com Jesus. Este é o tempo para, incansavelmente, anunciar Jesus.

Frei Francisco Bezerra do Nascimento, OFMConv.

ESTE NÃO É O TEMPO DE FAZER AS «TENDAS» ESTE NÃO É O TEMPO DE FAZER AS «TENDAS» Reviewed by Francisco Nascimento on 02:26 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.