É A ORAÇÃO QUE GERA A MISSÃO


Que fique bem claro. Não é a oração que tira tempo à missão. É a oração que alenta — amamenta e alimenta — a missão. O encontro com Deus não afasta as pessoas, atrai as pessoas. É no encontro com Deus que Jesus é encontrado pelas pessoas, por todas as pessoas. «Todos Te procuram!» (Mc 1, 37) — dizem Simão e os companheiros.
É espantoso como todos procuram o Orante. É espantoso como todos são contagiados pelo aroma da oração. É espantoso como a oração move e comove. Não admira, portanto, que a experiência evangelizadora de São Paulo também tenha começado por uma forte experiência de oração (cf. Act 13, 1-3). A oração é como que a parteira da missão.

São Marcos não diz que Jesus tenha tomado o pequeno-almoço. O alimento de Jesus era outro: O alimento de Jesus era fazer a vontade do Pai (cf. Jo 4, 34). E a vontade do Pai é que o Filho chegue a todos. A oração é moção, é fonte de missão. A paz da oração não aquieta nunca; inquieta sempre.
É por isso que, finda a oração, Jesus dirige-Se imediatamente para «as povoações vizinhas» (Mc 1, 38), para «toda a Galileia» (Mc 1, 39). Mas não vai só. Jesus move-Se e comove, isto é, move outros. Daí a Sua ordem, de ontem, de hoje e de sempre: «Vamos para outro lado» (Mc 1, 38).


Frei Francisco Bezerra do Nascimento, OFMConv.

É A ORAÇÃO QUE GERA A MISSÃO É A ORAÇÃO QUE GERA A MISSÃO Reviewed by Francisco Nascimento on 01:36 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.