Revelação da glória do Senhor sobre Jerusalém

1Levanta-te, acende as luzes, Jerusalém, porque chegou a tua luz,
apareceu sobre ti a glória do Senhor.
2Eis que está a terra envolvida em trevas,
e nuvens escuras cobrem os povos;
mas sobre ti apareceu o Senhor,
e sua glória já se manifesta sobre ti.
3Os povos caminham à tua luz
e os reis ao clarão de tua aurora.
4Levanta os olhos ao redor e vê:
todos se reuniram e vieram a ti;
teus filhos vêm chegando de longe
com tuas filhas, carregadas nos braços.
5Ao vê-los, ficarás radiante,
com o coração vibrando e batendo forte,
pois com eles virão as riquezas de além-mar
e mostrarão o poderio de suas nações;
6será uma inundação de camelos
e dromedários de Madiã e Efa a te cobrir;
virão todos os de Sabá,
trazendo ouro e incenso
e proclamando a glória do Senhor.
7 Em ti se reunirá todo o rebanho de Cedar,
os carneiros de Nabaiot estarão à tua disposição;
serão feitos sacrifícios sobre o meu altar propiciatório
e eu os aceitarei para a glória de minha casa.
8 Quem são esses que vem voando como nuvens
e como pombas para os pombais?
9 As nações estão me aguardando,
tendo à frente os navios de Társis,
para trazerem de longe os teus filhos,
juntamente com seu ouro e sua prata,
em oferta ao Senhor, teu Deus, ao Santo de Israel,
que te engrandeceu.
10 Estrangeiros edificarão os teus muros,
os seus reis te servirão;
e, se eu te castiguei com indignação,
compadeci-me de ti com benevolência.
11 tuas portas estarão sempre abertas,
não se fecharão nem de dia nem de noite,
para receberem as mais fortes das nações,
à chegada dos seus reis.
12 Povo e reino que não te servirem, morrerão,
tais nações sofrerão devastações.
13 A ti virá a riqueza do Líbano
em ciprestes, olmos e abetos juntamente,
para adorno do meu santuário;
eu honrarei o lugar onde pouso os pés.
14 A ti virão, cabisbaixos,
os filhos dos que te humilharem,
e beijarão a marca dos teus pés
todos os que te insultaram,
e te chamarão Cidade do Senhor,
Sião do Santo de Israel.
15 De abandonada e odiada que fostes,
quando ninguém ousava visitar-te,
eu te transformarei no orgulho dos séculos,
na alegria das gerações.
16 Sugarás o leite das nações,
o peito dos reis te amamentará
e saberás que eu sou o Senhor teu salvador,
o teu libertador, o Forte de Jacó.
17 Em lugar de cobre trarei ouro,
e em lugar de ferro, prata,
em lugar de madeira, cobre,
e em lugar de pedra, ferro;
farei dos teus guardas homens de paz,
e dos governantes, homens da lei.
18 Não se ouvirá falar de prepotência nesta terra,
nem de saques e destruições em teu território;
teus muros merecem o nome de Segurança
e tuas portas, o de Louvor.
19 Para ti, o sol não mais será para luzir de dia
nem a luz da lua para iluminar,
mas o próprio Senhor será a tua luz eterna
e o teu Deus, a tua glória.
20 O teu sol já não se põe,
a tua lua não tem minguante;
porque o próprio Senhor será a tua luz eterna
e terminarão os teus dias de aflição.
21 Teu povo são todos justos;
eles herdarão a terra para sempre,
são rebentos de minha plantação,
obra de minha mão para me glorificar.
22 O menor deles se desdobrará em mil,
e o mais humilde numa nação forte.
Eu, o Senhor, a seu tempo, tudo farei rapidamente.


Do Livro do Profeta Isaías             60,1-22
Revelação da glória do Senhor sobre Jerusalém Revelação da glória do Senhor sobre Jerusalém Reviewed by Francisco Nascimento on 16:23 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.