O humilde servo do Senhor, luz das nações

42,1 “Eis o meu servo – eu o recebo;
eis o meu eleito – nele se compraz a minh’alma;
pus meu espírito sobre ele,
ele promoverá o julgamento das nações.
2
 Ele não clama nem levanta a voz,
nem se faz ouvir pelas ruas.
3
 Não quebra uma cana rachada
nem apaga um pavio que ainda fumega;
mas promoverá o julgamento para obter a verdade.
4
 Não esmorecerá nem se deixará abater,
enquanto não estabelecer a justiça na terra;
os países distantes esperam seus ensinamentos”.
5
 Isto diz o Senhor Deus,
que criou o céu e o estendeu,
firmou a terra e tudo que dela germina,
que dá a respiração aos seus habitantes
e o sopro da vida ao que nela se move:
“Eu, o Senhor, te chamei para a justiça
e te tomei pela mão;
eu te formei e te constituí como o centro
de aliança do povo, luz das nações,
7
 
para abrires os olhos dos cegos,
tirar os cativos da prisão,
livrar do cárcere os que vivem nas trevas.
8
 Eu sou o Senhor: este é o meu nome;
a ninguém cederei a minha glória,
nem a estátuas o louvor que me cabe.
Podeis ver que os primeiros anúncios se cumpriram
e eu farei também novas predições:
antes que aconteçam, eu vo-las farei ouvir”.
49,1
 Nações marinhas, ouvi-me, povos distantes;
prestai atenção:
o Senhor chamou-me antes de eu nascer,
desde o ventre de minha mãe
ele tinha na mente o meu nome;
2
 fez de minha palavra uma espada afiada,
protegeu-me à sombra de sua mão
e fez de mim uma flecha aguçada,
escondida em sua aljava,
e disse-me: “Tu és o meu Servo,
Israel, em quem serei glorificado”.
4
 E eu disse: “Trabalhei em vão,
gastei minhas forças sem fruto, inutilmente;
entretanto o Senhor me fará justiça
e o meu Deus me dará recompensa”.
5
 E agora diz-me o Senhor
– ele que me preparou desde o nascimento
para ser seu Servo – que eu recupere Jacó para ele
e faça Israel unir-se a ele;
aos olhos do Senhor esta é a minha glória.
6 Disse ele: “Não basta seres meu Servo
para restaurar as tribos de Jacó
e reconduzir os remanescentes de Israel:
eu te farei luz das nações,
para que minha salvação
chegue até aos confins da terra”.
7
 Isto diz ainda o Senhor,
o Salvador de Israel, o Santo,
àquele que é desprezado dos outros,
detestado pelo povo,
escravo de poderosos:
“Os reis te verão e se levantarão,
os potentados igualmente, e te adorarão
por causa do Senhor, – que é fiel,
por causa do Santo de Israel, que te escolheu”.
8
 Isto diz o Senhor:
“Eu atendo teus pedidos com favores
e te ajudo na obra da salvação;
preservei-te para seres elo de aliança entre os povos,
para restaurar a terra,
para distribuir a herança dispersa;
9
 para dizer aos que estão presos: ‘Saí!’
e aos que estão nas trevas: ‘Mostrai-vos!’
E todos se alimentam pelas estradas
e até nas colinas estéreis se abastecem”.

Do Livro do Profeta Isaías             42,1-9; 49,1-9
O humilde servo do Senhor, luz das nações O humilde servo do Senhor, luz das nações Reviewed by Francisco Nascimento on 17:22 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.