NA COMPANHIA DE JESUS

Neste Domingo, acompanhamos, pela mão de São Marcos, as primeiras atividades públicas de Jesus. Tais atividades constituem como que o pórtico e uma síntese de toda a Sua missão. Encontrámo-Lo hoje, como O encontraremos sempre, a anunciar, a propor e a convidar. Foi isto o que Jesus fez e foi isto o que, em Seu nome, nos mandou fazer: anunciar, propor e convidar. Temos aqui, portanto, o conteúdo da evangelização: anúncio, proposta e convite. Há uma óbvia sequência entre os três momentos: o anúncio contém uma proposta e a proposta desagua num convite.
Jesus anuncia que o Reino de Deus está próximo, propõe uma mudança de vida e convida-nos a segui-Lo. Todos não somos demais na tarefa evangelizadora. Jesus quer que estejamos em toda a parte, que trabalhemos todo o tempo e que cheguemos a toda a gente (cf. Mt 28, 16-20). Por conseguinte, a evangelização nunca está terminada nem, alguma vez, pode ser dada por concluída. Nenhum tempo pode ser perdido, nenhum contributo pode ser desperdiçado.

Acompanhemos, então, Jesus no início da Sua missão. Ele parte para a Galileia a fim de «anunciar o Evangelho de Deus» (Mc 1, 14). Hoje como ontem, anunciar implica sair. O que Jesus tem para anunciar é uma notícia, uma notícia boa, uma notícia feliz. Como se sabe, Evangelho significa «boa nova», «boa notícia», «feliz notícia». Jesus surge-nos, desde o princípio, como o portador da feliz notícia de Deus.
Que falta sentimos nós, hoje, de boas notícias, de felizes notícias! Nestes tempos noturnos, predominam notícias soturnas. Nestes dias cinzentos, continuam a prevalecer notícias pesadas. Importa, por isso, ter presente que a Igreja é depositária das boas notícias de Deus, trazidas por Jesus.


Frei Francisco Bezerra do Nascimento, OFMConv.
NA COMPANHIA DE JESUS NA COMPANHIA DE JESUS Reviewed by Francisco Nascimento on 02:26 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.