O Senhor vai cultivar novamente sua vinha

1 Naquele dia, o Senhor desembainhará
sua espada aguçada, forte e grande
contra o monstro Leviatan,
serpente fugidia e disforme,
e matará o dragão do mar.
Haverá, naquele tempo, uma bela vinha;
tecei louvores a ela!

Eu, o Senhor, sou quem toma conta dela;
a cada momento a estou regando; 
para que não venha a sofrer danos,
tomo conta dela noite e dia.

Não tenho motivos para queixas.
E se me forem mostrados espinhos e sarças?
Vou à guerra contra ela,
posso até mesmo queimá-la,

a não ser que aceite meus cuidados
e faça a paz comigo,
isto mesmo, a paz comigo.

6
 Nos tempos futuros, Jacó lançará raízes,
Israel germinará e florescerá,
se encherá de frutos a face da terra.

7
 Acaso Deus o feriu
na medida das chagas que o inimigo lhe infligiu?
Ou sofreu a morte na medida em que sofreu dos inimigos?

Pune-os com brandura, se os rejeita;
impele-os com o seu sopro violento,
enquanto sopra o vento leste.

Assim será perdoado o pecado de Jacó,
e este será o fruto do perdão de suas faltas:
reduzir todas as pedras do altar
a pedaços de pedra-cal,
para que não mais existam bosques sagrados e colunas.

10 
A cidade fortificada foi destruída,
e o casario, abandonado e feito deserto;
o gado aí vem pastar,
aí vem pernoitar e comer as ramadas.

11
 Devido à estiagem, os galhos secos são cortados
e as mulheres os recolhem para queimar.
Se o povo não tem sabedoria,
aquele que o fez não se compadecerá dele,
aquele que o criou não lhe perdoará.

12 
Naquele dia, o Senhor baterá as espigas, 
desde o rio até à torrente do Egito;
e vós, filhos de Israel,
sereis enfeixados um a um.

13 
Naquele dia, soará a grande trombeta
e voltarão os remanescentes da terra assíria,
e os desterrados da terra egípcia;
eles adorarão o Senhor no santo monte de Jerusalém.


Do Livro do Profeta Isaías 27,1-13

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante