NA VIDA, A ALEGRIA MAIS BELA É QUANDO DEUS ESTÁ NELA

É por isso que, no meio do Advento, este é o chamado «Domingo mediano», mais conhecido, porém, como «Domingo da Alegria». Trata-se do Domingo «Gaudete», fórmula verbal latina que significa «alegrai-vos».
É a ressonância de um convite feito por S. Paulo na Carta aos Filipenses: «Alegrai-vos sempre no Senhor» (Fil 4, 4). Ou seja, o que nos dá alegria não é o que nos vem do exterior. O que nos dá alegria é, em nós, a presença do Senhor.

Haja o que houver, nada pode roubar esta alegria que Deus nos está sempre a dar. No Sermão da Montanha, mesmo a finalizar o elenco das Bem-Aventuranças, Jesus faz um enfático convite à alegria: «Alegrai-vos e exultai pois é grande nos céus a vossa recompensa» (Mt 5, 12).
Quem tem Deus, ainda que nada mais tenha, já tem tudo. Já Isaías, no Antigo Testamento, se faz eco desta convicção ao dizer: «Exulto de alegria no Senhor» (Is 61, 10). É em Deus — e não no dinheiro ou no poder — que está a nossa alegria. Daí que S. Paulo insista: «Vivei sempre na alegria» (1Tes 5, 16).


Frei Francisco Bezerra do Nascimento, OFMConv.

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante