JESUS VEM NÃO PARA QUE TUDO FIQUE IGUAL, MAS PARA QUE ACONTEÇA A RENOVAÇÃO TOTAL

Vamos continuar na mesma? Vamos resistir à mudança? Vamos continuar a adiar a esperança? Tudo começa a ser novo quando Deus vem para o meio do Seu povo. E, no entanto, muitas são as vezes em que nos sentimos gastos e desgastados, calcados e cansados. Já nem ao futuro damos oportunidade de ser futuro. Nem sequer a esperança parece escapar. A própria esperança apresenta-se recessiva, à beira da falência.
Se esperar é sempre necessário, nas horas difíceis torna-se muito mais urgente. Como notou Vergílio Ferreira, «quando a situação é mais dura, a esperança tem de ser mais forte». O povo diz que «quem espera, desespera». Mas o mesmo povo também reconhece que «quem espera, sempre alcança».

Neste Domingo, ouvimos São Pedro anotar que esperamos «novos céus e nova terra» (2Ped 3, 13). Em Cristo, Deus presenteia-nos com a novidade perene, isto é, com a novidade que nunca deixa de ser nova. Em Cristo, Deus vem para renovar todas as coisas e particularmente todas as pessoas (cf. Ap 21, 5). De facto, em Cristo, Deus não vem para que tudo fique igual, mas para que aconteça a renovação total.
A este propósito, ocorre-me uma pequena história. Quando Jesus nasceu, alguém foi ter com um velho mestre para lhe dar a feliz nova: «Olha que o Messias já veio»! Mas o velho mestre nada respondeu. Foi à janela, deitou a cabeça fora, fechou a janela, abanou a cabeça e disse: «Não, ainda não veio». É que ele achava que, quando o Messias viesse, tudo seria diferente, até o ar. E, na verdade, assim é. Jesus veio, Jesus vem, para que tudo seja diferente, para que tudo seja novo.



Frei Francisco Bezerra do Nascimento, OFMConv.
JESUS VEM NÃO PARA QUE TUDO FIQUE IGUAL, MAS PARA QUE ACONTEÇA A RENOVAÇÃO TOTAL JESUS VEM NÃO PARA QUE TUDO FIQUE IGUAL, MAS PARA QUE ACONTEÇA A RENOVAÇÃO TOTAL Reviewed by Francisco Nascimento on 11:03 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.