Anúncio do julgamento de Deus

13 Disse o Senhor:
“Como este povo se aproxima de mim com palavras
e me honra só com os lábios,
enquanto seu coração está longe de mim,
e o seu temor para comigo é observado
como preceito humano para cumprir,
14
 pois bem, eu continuarei a excitar a admiração
deste povo com um prodígio grande e admirável:
perecerá a sabedoria de seus sábios
e a prudência dos seus dirigentes desaparecerá”.
15
 Ai dos que escondem do Senhor
suas intenções secretas,
os que praticam suas ações no escuro, e dizem:
“Quem nos vê? Quem nos conhece?”
16
 Que pensamento perverso!
Acaso se pode comparar o oleiro ao barro
de tal modo que a obra diga ao seu autor:
“Tu não me fizeste?”
E o molde diga ao seu moldador:
“Tu não tiveste a ideia!”
17
 Dentro de pouco tempo,
não se transformará o Líbano em jardim?
E não poderá o jardim tornar-se floresta?
18 
Naquele dia, os surdos ouvirão as palavras do livro
e os olhos dos cegos verão,
no meio das trevas e das sombras.
19
 Os humildes aumentarão sua alegria no Senhor,
e os mais pobres dos homens
se rejubilarão no Santo de Israel;
20
 fracassou o prepotente,
desapareceu o trapaceiro,
e sucumbiram todos os malfeitores precoces,
21 
os que faziam os outros pecar por palavras,
e armavam ciladas ao juiz à porta da cidade
e atacavam o justo com palavras falsas.
22 
Isto diz o Senhor
à casa de Jacó, ele que libertou Abraão:
“Agora, Jacó não mais terá que envergonhar-se
nem seu rosto terá que enrubescer;
23
 quando contemplarem as obras de minhas mãos,
hão de honrar meu nome no meio do povo,
honrarão o Santo de Jacó,
e temerão o Deus de Israel;
24 
os homens de espírito inconstante conseguirão sabedoria
e os maldizentes concordarão em aprender”.



Do Livro do Profeta Isaías             29,13-24
Anúncio do julgamento de Deus Anúncio do julgamento de Deus Reviewed by Francisco Nascimento on 18:56 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.