VIVER É (sempre) «COM+VIVER»

Na vida, temos de encontrar o nosso caminho. E temos de estar atentos aos que se cruzam conosco no caminho. Afinal, o nosso caminho não é só nosso. O nosso caminho é percorrido por muitos caminhantes.

Não podemos ficar condicionados pelos outros, mas também não devemos ser indiferentes aos outros. Jean-Paul Sartre, num fecundo jogo de palavras, alertou: «O importante não é aquilo que fazem de nós, mas o que nós fazemos do que os outros fizeram de nós».

No fundo, os outros também nos pertencem. E nós também pertencemos aos outros. Todos somos, literalmente, «com+vivas». Ou seja, todos vivemos com os outros, para os outros e nos outros. Viver é sempre «com+viver»!



Frei Francisco Bezerra do Nascimento, OFMConv.

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante