SÓ TU ÉS LUZ

Precisamos de ver
e só Tu és a luz.

Precisamos de ver
por fora e por dentro.

Precisamos de ver a vida,
o passado, o presente e o futuro.


A fé salvou o cego.
A fé salva-nos a nós,
tantas vezes cegados pela mentira, pela insinuação e pela inveja.

A fé salva na esperança e no amor.
A fé é luz que ilumina e brilha.
A fé é luz que liberta e redime.

Hoje também,
Tu, Senhor, continuas a chamar,
a chamar por nós nesta situação difícil.


Ouve, Senhor,
o clamor dos pobres, dos aflitos e dos famintos.

Ouve, Senhor,
o grito dos sem-abrigo e dos sem-amor.

Ouve, Senhor,
a súplica dos desempregados e dos que têm salários em atraso.

Ouve, Senhor,
o pedido dos que querem dar pão aos seus filhos e não têm conseguem encontrar esse pão.

As prateleiras até estão cheias,
mas há corações que permanecem vazios.

Mas Tu, Senhor, fazes maravilhas.
Tu, Senhor, és a constante maravilha.


Por isso continuamos a soltar brados de alegria.
Apesar da crise,
apesar do sufuco e da tempestade,
nós sabemos que, neste tempo de fome,
nós dás o alimento.


Tu, Senhor, és o alimento,
o pão da Palavra e o pão da vida.

Vem conosco saciar a fome deste mundo:
a fome de pão,
a fome de justiça
e a fome de paz.

Há nuvens por debaixo do sol.
Mas há sol por cima das nuvens.

Obrigado, Senhor, por este pão.
Que ele chegue a todas as casas.
Que ele entre em todos os corações.

Obrigado, Senhor, pelos sonhos.
Um dia, as lágrimas hão-de regar as avenidas da vida.
E o sonho de um mundo melhor há-de sorrir para todos.

Tu, Senhor, és esse sonho,
um sonho que se realiza em cada instante.

O sonho és Tu,
JESUS!



Frei Francisco Bezerra do Nascimento, OFMConv.

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante