NÂO PODEMOS VIVER SEM NOS FERIRMOS?

Andamos sempre a suspirar pela harmonia e a lidar continuamente com a desarmonia. É um dos paradoxos estruturantes da nossa vida. William Golding achava que «existe uma desarmonia nas nossas naturezas». É por isso que, segundo ele, «não podemos viver juntos sem nos ferirmos uns aos outros». E, de facto, há quem abuse. Há quem não saiba senão ferir. Mas, em compensação, também há quem se esmere em (ajudar a) curar todas as feridas!


Frei Francisco Bezerra do Nascimento, OFMConv.

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante