MALDIÇÕES CONTRA OS OPRESSORES

5 As riquezas enganam o homem arrogante,
e ele não permanecerá,
ainda que escancare as fauces como o Xeol,
e seja insaciável como a morte;
ainda que reúna para si todas as nações
e congregue em seu redor todos os povos!
6 Não entoarão, todos eles, uma sátira contra ele?
Não lhe dirigirão enigmas? Dirão:
Ai de quem acumula o que não é seu – até quando? –
e se carrega de penhores!
7 Não se levantarão, de repente, os teus credores,
não despertarão os exatores?
Tu serás a sua presa.
8 Porque saqueaste numerosas nações,
tudo o que resta dos povos te saqueará,
por causa dos assassinatos e da violência feita ao país,
à cidade e a todos os habitantes!
9 Ai do que ajunta ganhos injustos para sua casa
para colocar bem no alto seu ninho,
para escapar à mão da desgraça!
10 Decidiste a vergonha para tua casa:
destruindo muitas nações,
pecaste contra ti mesmo.
11 Sim, a pedra do muro gritará
e as vigas do madeiramento responderão.
12 Ai do que constrói uma cidade com sangue
e funda uma capital na injustiça!
13 Não vem do Senhor Todo-poderoso,
que os povos trabalhem para o fogo
e que as nações se esforcem em vão?
14 Porque a terra será repleta
do conhecimento da glória do Senhor,
como as águas enchem o mar!
15 Ai do que faz beber o seu próximo
e mistura seu veneno até embriagá-lo
para ver sua nudez!
16 Ficaste saciado de ignomínia e não de glória!
Bebe, pois, tu também, e mostra a tua nudez.
Volta-se para ti a taça da direita do Senhor
e após a tua glória, a infâmia!
17 Porque a violência contra o Líbano recairá sobre ti
e a matança de animais te causará horror,
por causa dos assassinatos e da violência feita ao país,
à cidade e a todos os habitantes!
18 De que serve uma escultura
para que o seu artista a esculpa?
Um ídolo de metal, um mestre de mentiras,
para que nele confie o seu artista,
construindo ídolos mudos?
19 Ai daquele que diz à madeira: “Desperta!”
à pedra muda: “Acorda!”
Será que ele deve ensinar?
Ei-lo revestido de ouro e prata,
mas não há sopro de vida em seu seio.
20 Mas o Senhor está no seu templo santo:
silêncio em sua presença, terra inteira!


Do Livro do Profeta Habacuc                 2,5-20

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante