Lamentação e esperança

1 Sou um homem que vejo a minha miséria,
como punição da ira de Deus.
2 Ele me levou a caminhar
nas trevas, e não na luz.
3 Somente contra mim
não cessa de levantar a mão
o dia inteiro.
4 Destruiu minha pele e minha carne,
quebrou os meus ossos.
5 Ocupou minha vizinhança
e rodeou-me de fel e de aflição.
6 Fez-me habitar na escuridão,
como fez aos que estão mortos para sempre.
7 Cercou-me de muros para eu não escapar,
reforçou minhas algemas.
8 Mesmo que eu clame e rogue,
ele rejeita minha oração.
 Fechou meu caminho com pedras,
obstruiu minha passagem.
10 Tornou-se para mim um urso de tocaia,
um leão escondido.
11 Obstruiu, sim, meu caminho e me abateu,
deixou-me arrasado.
12 Retesou o arco e me pôs
como alvo de suas flechas.
13 Cravou-me nos rins
as flechas de sua aljava.
14 Tornei-me o gracejo de todo o povo,
sua cantiga de todo dia.
15 Encheu-me de amargura,
embriagou-me com absinto.
16 Quebrou-me os dentes com cascalho,
cobriu-me de cinza.
17 Minha vida distanciou-se da paz,
estou esquecido de seus bens.
18 Disse para mim mesmo:
“Acabou-se o meu vigor,
minha esperança ausentou-se do Senhor”.
19 Lembra-te de minha miséria e de meus extravios,
amargos como fel e absinto.
20 Remorde-me a memória,
vai-se consumindo a minh’alma.
21 Revolverei essas coisas no espírito,
por isso continuo esperando.
22 É pela bondade do Senhor que não fomos destruídos,
não se esgotou a sua misericórdia;
23 cada manhã ela se renova;
grande é tua fidelidade, Senhor.
24 Diz minh’alma: “O Senhor é minha herança,
por isso, espero por ele”.
25 O Senhor é bondoso para quem nele confia,
para a alma que o procura.
26 É bom aguardar em silêncio
a salvação que vem de Deus.
27 É bom para o homem sofrer o jugo
na sua mocidade.
28 Quando isto lhe é imposto,
queda-se em solidão e em silêncio.
29 Deita-se com o rosto no chão,
implorando a esperança.
30 Oferece o rosto a quem o espanca,
sacia-se de opróbrios.
31 É certo que o Senhor a ninguém
repele para sempre.
32 Se ele aflige, também se compadece
com infinitos gestos de misericórdia.
33Humilhar e afligir os homens
não procede do seu coração.


Do Livro das Lamentações             3,1-33

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante