Jeremias e o povo depois da tomada de Jerusalém

Naqueles dias: 42,1 Todos os comandantes de armas, entre eles Joanã, filho de Carea, e Azarias, filho de Osaías, gente do povo, grandes e pequenos, procuraram o profeta Jeremias e 2disseram-lhe: “Estamos à tua frente, trazendo nossa oração para pedires ao Senhor, teu Deus, em favor deste resto do nosso povo, os poucos que sobramos de muitos que éramos, como teus olhos podem ver; 3mostre-nos o Senhor, teu Deus, o caminho que devemos seguir e o que devemos fazer.” 4Dise-lhes o profeta Jeremias: “Ouvi o que dissestes, vou rezar ao Senhor, vosso Deus, conforme o vosso pedido; toda palavra que ele vos disser, vo-la comunicarei sem omitir nada.” 5Eles então disseram a Jeremias: “Seja o próprio Senhor testemunha de veracidade e fidelidade contra nós, se não cumprirmos tudo o que ele, o Senhor teu Deus, te comunicar para nós. 6Agradável ou não, obedeceremos à voz do Senhor, nosso Deus, junto de quem te enviamos, e seja bom para nós ouvir a voz do Senhor, nosso Deus”.  
7 Ao completarem-se dez dias, foi dirigida a palavra do Senhor a Jeremias. 8Este mandou chamar Joanã, filho de Carea, e os comandantes de armas, que estavam com ele, e todo o povo, grandes e pequenos, 9e disse-lhes: “Isto diz o Senhor, Deus de Israel, junto a quem me enviastes, para levar vossas orações à sua presença: 10Se concordais em permanecer neste país, eu vos consolidarei e não destruirei, plantarei e não extirparei; pois o castigo que vos infligi já me aplacou.11Não tenhais medo do rei da Babilônia, que tanto temestes; não tenhais medo dele, diz o Senhor, que eu estou convosco para salvar-vos e para livrar-vos de sua mão; 12farei com que obtenhais suas graças, ele se compadecerá de vós e vos fará viver em vossa terra.  
13 Se, porém, disserdes: ‘Não queremos habitar neste país’, e não ouvirdes a voz do Senhor, vosso Deus, 14e continuardes a afirmar: ‘De modo algum, nós queremos ir embora para o Egito, onde não veremos mais guerra, não ouviremos som de trombeta nem sofreremos fome, e vamos aí residir;’ 15então, neste caso, ouvi, resto do povo de Judá, ouvi a palavra do Senhor: isto diz o Senhor, Deus dos exércitos, Deus de Israel: Se tomardes o propósito de mudar-vos para o Egito, e entrardes no país para aí residir, 16aespada, que tanto temeis, vos alcançará na terra do Egito, e a fome, que vos deixa tão aflitos, vos agarrará no Egito e lá morrereis.”  
43,4 Joanã, filho de Carea, os comandantes de armas e todo o povo, não obedeceram à ordem do Senhor, para permanecerem na terra de Judá. 5Ao contrário, Joanã, filho de Carea, e os comandantes de armas, reunindo, à força, todos os remanescentes de Judá, que voltaram das nações, por onde antes se tinham dispersado, para estabelecer-se na terra de Judá, 6– homens e mulheres, crianças e filhas do rei, e todas as pessoas que Nabuzardã, chefe dos guardas caldeus, havia deixado com Godolias, filho de Aicam, (filho, este, de Safã) e ainda o profeta Jeremias e Baruc, filho de Nerias – 7partiram todos para a terra do Egito, pois não obedeceram à voz do Senhor. Chegaram, finalmente, a Táfnis.


Do Livro do Profeta Jeremias                 42,1-16; 43,4-7

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante