INFIDELIDADE DO POVO DE DEUS

1 A palavra do Senhor foi-me dirigida, dizendo:
2 “Vai e grita aos ouvidos de Jerusalém.
Isto diz o Senhor:
Lembro-me de ti, da afeição da jovem,
do amor da noiva,
de quando me seguias no deserto,
numa terra inculta.

3 Israel, consagrado ao Senhor,
era como as primícias de sua colheita;
todos os que dele comiam, pecavam;
males caíam sobre eles”,
diz o Senhor.
4 Ouvi a palavra do Senhor, ó casa de Jacó
e todas as famílias da casa de Israel.
5 Isto diz o Senhor:
“Que maldade acharam em mim vossos pais
para se afastarem de mim
e correrem atrás da falsidade
e se tornarem falsos?
6 Não disseram eles: ‘Onde está o Senhor,
que nos fez sair da terra do Egito,
que nos fez atravessar o deserto,
terras inóspitas e intransitáveis,
terras sem água, poeirentas,
terras onde ninguém morou,
onde não houve povoações?’
7 Eu vos introduzi numa terra de pomares,
para que gozásseis de seus melhores produtos,
mas, apenas chegados, contaminastes o país
e tornastes abominável minha herança.
8 Os sacerdotes nem perguntaram onde está o Senhor.
Os versados na Lei não me reconheceram,
e os chefes do povo voltaram-me as costas,
os profetas profetizaram em nome de Baal
e correram atrás de coisas que para nada servem.
9 Por isso tenho ainda que discutir convosco,
diz o Senhor,
e disputarei com os filhos de vossos filhos.
10 Passai às cidades de Cetim e vede,
tomai contato com Cedar, tentai com esforço
saber se assim aconteceu:
11 se o povo mudou seus deuses,
e saber que de fato esses não são deuses;
pois o meu povo transformou sua glória
em algo que para nada serve.
12 Ó céus, espantai-vos diante disso,
enchei-vos de grande horror, diz o Senhor.
13 Dois pecados cometeu meu povo:
abandonou-me a mim, fonte de água viva,
e preferiu cavar cisternas,
cisternas defeituosas
que não podem reter água.
20 Não é de hoje que quebraste o jugo
e rompeste as amaras
e disseste: ‘Não quero sujeitar-me’.
No alto de qualquer colina
e debaixo de qualquer árvore frondosa,
lá estavas entregando-te à prostituição.
21 Entretanto,és a vinha escolhida que eu plantei,
toda da mais legítima cepa;
como então degeneraste
em rebentos de videira agreste?
22 Ainda que te laves com potassa
e te cubras com folhame de ervas,
perante mim estás manchada pelo teu pecado,
diz o Senhor Deus.
23 Como ainda dizes:
‘Não estou manchada,
não segui a religião dos Baals?’
Vê tuas andanças no Vale,
pensa no que lá fizeste:
eras um camelo novo que anda sem rumo.
25 Não te deixes ficar com pés descalços
nem com a garganta seca.
Disseste: ‘É inútil falar,
não o farei de modo algum;
de fato, gosto de estrangeiros
e gosto de freqüentá-los’”.


Do Livro do Profeta Jeremias             2,1-13.20-23.25

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante