CONTRASTES

Tempo de contrastes, o nosso. As pessoas nunca se despiram tanto por fora e, ao mesmo tempo, nunca se despiram tão pouco por dentro. Há quem só abdique da roupa. E é assim que, com pouca roupa (mas com o telemóvel, o ipad, o gelado e o chapéu), entram na própria Casa de Deus. É claro que nada disto é por mal. Mas será que alguma coisa disto é bem? Quando nem a cabeça se descobre diante de Deus, como é que se há-de descobrir a vida? Há quem chegue e se sente. Nem uma inclinação. Quem se ajoelha hoje diante de Deus? Deus não impõe. Nós é que deveríamos (auto)exigir. É tanto o que Ele é que nós só podemos adorá-Lo. Não esqueçamos os olhos e os ouvidos. E usemo-los. Para ver e para escutar o nosso bom Deus!



Frei Francisco Bezerra do Nascimento, OFMConv.

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante