Tribulações de Paulo e exortação à santidade

Irmãos: 6,1 Como colaboradores de Cristo, nós vos exortamos a não receberdes em vão a graça de Deus, 2pois ele diz:
“No momento favorável, eu te ouvi
e no dia da salvação, eu te socorri”.
É agora o momento favorável, é agora o dia da salvação. 3Não damos a ninguém nenhum motivo de escândalo, para que o nosso ministério não seja desacreditado, 4mas em tudo nos recomendamos como ministros de Deus, com muita paciência, em tribulações, em necessidades, em angústias, 5em açoites, em prisões, em tumultos, em fadigas, em insônias, em jejuns, 6em castidade, em compreensão, em longanimidade, em bondade, no Espírito Santo, em amor sincero, 7em palavras verdadeiras, no poder de Deus, em armas de justiça, ofensivas e defensivas, 8em honra e desonra, em má ou boa fama; considerados sedutores, sendo, porém, verazes; 9como desconhecidos, sendo, porém, bem conhecidos; como moribundos, embora vivamos; como castigados mas não mortos; 10como aflitos mas sempre alegres; como pobres mas enriquecendo a muitos; como quem nada possui, mas tendo tudo.
11Ó coríntios, falamos convosco com toda a franqueza; o nosso coração abriu-se todo para vós. 12Vós não ficastes com pouco espaço dentro de nós; é na estreiteza do vosso próprio coração que ficastes comprimidos. 13Correspondei, pois, de igual maneira. Digo-vos como a meus filhos: dilatai vós também o vosso coração.
14Não vos atreleis no mesmo jugo com os infiéis. Pois que sociedade pode haver entre justiça e iniquidade? Ou que comunhão pode haver entre luz e trevas? 15 E que acordo pode haver entre Cristo e o Maligno? Ou que partilha, entre o fiel e o infiel? 16Que entendimento pode haver entre o templo de Deus e os ídolos? Ora, nós somos templo de Deus vivo, como disse o próprio Deus:
“Eu habitarei no meio deles e andarei entre eles.
Serei o seu Deus e eles serão o meu povo.
17 Então, saí do meio dessa gente
e afastai-vos – diz o Senhor –
e não toqueis nada de impuro,
e eu vos acolherei.
18E serei para vós um pai
e vós sereis meus filhos e filhas
– diz o Senhor todo-poderoso”.
7,1 Caríssimos, nós que recebemos essas promessas, purifiquemo-nos de toda mancha da carne e do espírito, completando a nossa santificação, no temor de Deus.


Da Segunda Carta de São Paulo aos Coríntios             6,1−7,1

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante