RECENSEAMENTO DO POVO E CONSTRUÇÃO DE UM ALTAR

Naqueles dias:1A cólera do Senhor voltou a inflamar-se contra Israel e incitou Davi contra eles, dizendo: “Vai e faze o recenseamento de Israel e de Judá”. 2Disse, pois, o rei a Joab e aos chefes do seu exército que estavam com ele: “Percorre todas as tribos de Israel, desde Dã até Bersabéia, e faze o recenseamento do povo,de maneira que eu saiba o seu número”. 3Joab disse ao rei: “Que o Senhor, teu Deus, multiplique o povo cem vezes mais do que agora, aos olhos do rei, meu senhor! Mas que pretende o rei, meu senhor, com isto?”4Contudo, a ordem do rei prevaleceu sobre a opinião de Joab e dos chefes do exército. Eles saíram da presença do rei e foram fazer o recenseamento do povo de Israel.
            10Mas, depois que o povo foi recenseado, Davi sentiu remorsos e disse ao Senhor: “Cometi um grande pecado, ao fazer o que fiz. Mas perdoa a iniquidade do teu servo, porque procedi como um grande insensato”. 11Pela manhã, quando Davi se levantou, a palavra do Senhor tinha sido dirigida ao profeta Gad, vidente de Davi, nestes termos: 12“Vai dizer a Davi: Assim fala o Senhor: dou-te a escolher três coisas: escolhe aquela que queres que eu te envie”. 13Gad foi ter com Davi e referiu-lhe estas palavras, dizendo: “Que preferes: três anos de fome na tua terra, três meses de derrotas diante dos inimigos que te perseguem,ou três dias de peste no país? Reflete, pois, e vê o que devo responder a quem me enviou”.14Davi respondeu a Gad: “Estou em grande angústia. É melhor cair nas mãos do Senhor, cuja misericórdia é grande, do que cair nas mãos dos homens!”
            15E Davi escolheu a peste. Era o tempo da colheita do trigo. O Senhor mandou, então, a peste a Israel, desde aquela manhã até ao dia fixado, de modo que morreram setenta mil homens da população, desde Dã até Bersabéia. 16Quando o anjo estendeu a mão para exterminar Jerusalém, o Senhor arrependeu-se desse mal e disse ao anjo que exterminava o povo: “Basta! Retira agora a tua mão!”
            O anjo estava junto à eira de Areuna, o jebuseu. 17Quando Davi viu o anjo que afligia o povo, disse ao Senhor: “Fui eu que pequei, eu é que tenho a culpa! Mas estes, que são como ovelhas, que fizeram? Peço-te que a tua mão se volte contra mim e contra a minha família!”
            18Naquele dia, Gad foi ter com Davi e disse-lhe: “Sobe e levanta um altar ao Senhor na eira de Areuna, o jebuseu”.
            24bDavi adquiriu a eira e os bois por meio quilo de prata. 25Em seguida Davi construiu naquele lugar um altar ao Senhor e ofereceu holocaustos e sacrifícios pacíficos. Com isto o Senhor se apiedou do país e a praga foi afastada de Israel.


Do Segundo Livro de Samuel             24,1-4.10-18.24b-25

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante