É (também) PARA JÁ, O PARAÍSO

O paraíso não foi só no início nem terá de ser apenas após o (nosso) fim. O paraíso não mora só além. Deste lado, também há Céu. Jorge Luís Borges achava que «não se passa um dia em que não estejamos, pelo menos um instante, no paraíso».

Eu diria que não pode passar um momento em que não estejamos no paraíso. Não somos só nós que estamos a caminho do paraíso. O paraíso também está (sempre) a caminho de nós. Não o afastemos. Nem o adiemos!



Frei Francisco Bezerra do Nascimento, OFMConv.
É (também) PARA JÁ, O PARAÍSO É (também) PARA JÁ, O PARAÍSO Reviewed by Francisco Nascimento on 05:13 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.