A ARCA É LEVADA A JERUSALÉM

Naqueles dias: 1Davi reuniu de novo a elite de Israel, num total de trinta mil homens. 2E puseram-se a caminho, ele e todo o povo que o acompanhava, rumo a Baala de Judá, para trazer de lá a arca de Deus, sobre a qual é invocado o nome do Senhor Todo-poderoso, que está sentado sobre querubins. 3Colocaram a arca de Deus num carro novo, tirando-a da casa de Abinadab, situada na colina. Oza e Aio, filhos de Abinadab, conduziam o carro novo. 4Oza ia ao lado da arca de Deus e Aio ia adiante. 5Davi e toda a casa de Israel dançavam diante do Senhor com todo o entusiasmo, cantando ao som de cítaras, harpas, pandeiros, sistros e címbalos.
            6Mas, ao chegar à eira de Nacon, Oza estendeu a mão para a arca do Senhor e segurou-a, porque os bois tinham escorregado e ela ia cair. 7Então o Senhor inflamou-se de cólera contra Oza, e feriu-o por causa da sua temeridade, de modo que ele morreu ali mesmo, perto da arca de Deus. 8Davi ficou triste pelo fato de o Senhor se ter lançado contra Oza; por isso aquele lugar recebeu o nome de “Investida de Oza”, nome que leva até hoje. 9Naquele dia, Davi teve grande medo do Senhor,e disse: “Como entrará a arca do Senhor em minha casa?”10E não permitiu que a levassem para a sua casa na cidade de Davi; mas ordenou que a trasladassem para a casa de Obed-Edom, de Gat. 11Ficou a arca do Senhor três meses na casa de Obed-Edom, de Gat, e o Senhor abençoou-o com toda a sua família.
            12Informaram o rei Davi: “O Senhor abençoou a família de Obed-Edom e todos os seus bens por causa da arca de Deus”. Então Davi pôs-se a caminho e transportou festivamente a arca de Deus da casa de Obed-Edom para a cidade de Davi. 13A cada seis passos que davam, os que transportavam a arca do Senhor sacrificavam um boi e um carneiro.14Davi, cingido apenas com um efod de linho, dançava com todas as suas forças diante do Senhor. 15Davi e toda a casa de Israel conduziram a arca do Senhor, soltando gritos de júbilo e tocando trombetas. 16Ora, quando a arca do Senhor entrou na cidade de Davi, Micol, filha de Saul, estava olhando pela janela. Vendo o rei Davi dançar e pular diante do Senhor, desprezou-o em seu coração.
            17Introduziram a arca do Senhor e depuseram-na em seu lugar, no centro da tenda que Davi tinha armado para ela. Em seguida, ele ofereceu holocaustos e sacrifícios pacíficos na presença do Senhor. 18Assimque terminou de oferecer os holocaustos e os sacrifícios pacíficos, Davi abençoou o povo em nome do Senhor Todo-poderoso. 19E distribuiu a toda a multidão de Israel, a cada um dos homens e das mulheres, um pão de forno, um bolo de tâmaras e uma torta de uvas. Depois todo o povo foi para casa.
            20Quando Davi voltou, para abençoar a família, Micol, filha de Saul, foi-lhe ao encontro e disse: “Que bela figura fez hoje o rei de Israel, desnudando-se aos olhares das servas dos seus servidores, como o faria um bobo qualquer!” 21Mas Davi respondeu: “É diante do Senhor que eu danço! Bendito seja o Senhor, que me escolheu de preferência a teu pai e a toda a tua família, para me fazer o chefe do seu povo, de Israel. 22Eu dançarei diante do Senhor e estou disposto a humilhar-me ainda mais, mesmo que pareça mesquinho aos meus olhos. Mas da parte das servas de que falas ganharei estima”. 23E Micol, filha de Saul, não teve mais filhos até ao dia da sua morte.


Do Segundo Livro de Samuel             6,1-23

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante