O POVO DE DEUS TENTA PROCLAMAR UM REI


Naqueles dias: 8,22 Os homens de Israel disseram a Gedeão: “Sê nosso príncipe, tu, teu filho e teu neto, porque nos livraste das mãos dos madianitas”. 23Ele respondeu: “Nem eu nem meu filho vos dominaremos. O nosso chefe será o Senhor”.
              30E Gedeão teve setenta filhos, que saíram dele, porque tinha muitas mulheres. 31Uma de suas concubinas, que estava em Siquém, deu-lhe também um filho, a quem ele mesmo deu o nome de Abimelec.
              32E morreu Gedeão, filho de Joás, numa boa velhice, e foi sepultado no sepulcro de Joás, seu pai, em Efra de Abiezer.
              9,1 Abimelec, filho de Jerobaal, foi a Siquém encontrar-se com os irmãos de sua mãe e com todos os parentes dela, e disse-lhes: 2“Falai assim a todos os habitantes de Siquém: O que é melhor para vós? Serdes dominados por setenta homens, todos eles filhos de Jerobaal, ou por um homem só? Lembrai-vos também de que eu sou osso de vossos ossos e carne de vossa carne”.3Os irmãos de sua mãe repetiram todas estas palavras aos habitantes de Siquém, e inclinaram o coração deles para Abimelec, dizendo: “É nosso irmão”. 4Deram-lhe setenta siclos de prata do templo de Baal Berit, com os quais Abimelec contratou alguns homens miseráveis e aventureiros, que o seguiram. 5Depois ele foi à casa de seu pai em Efra, e matou seus setenta irmãos, os filhos de Jerobaal, todos homens, sobre uma única pedra. Restou somente Joatão, filho mais novo de Jerobaal, porque se escondera. 6Então todos os habitantes de Siquém e os de Bet-Melo se reuniram junto a um carvalho que havia em Siquém e proclamaram rei a Abimelec. 7Informado disso, Joatão foi postar-se no cume do monte Garizim e se pôs a gritar em alta voz, dizendo: “Ouvi-me, moradores de Siquém, e que Deus vos ouça. 8Certa vez, as árvores resolveram ungir um rei para reinar sobre elas, e disseram à oliveira: ‘Reina sobre nós’. 9Mas ela respondeu: ‘Iria eu renunciar ao meu azeite, com que se honram os deuses e os homens, para me balançar acima das árvores?’ 10Então as árvores disseram à figueira: ‘Vem e reina sobre nós’. 11E ela lhes respondeu: ‘Iria eu renunciar à minha doçura e aos saborosos frutos, para me balançar acima das outras árvores?’ 12As árvores disseram então à videira: ‘Vem e reina sobre nós’.13E ela lhes respondeu: ‘Iria eu renunciar ao meu vinho, que alegra os deuses e os homens, para me balançar acima das outras árvores?’ 14Por fim, todas as árvores disseram ao espinheiro: ‘Vem tu reinar sobre nós’. 15O espinheiro respondeu-lhes: ‘Se deveras me constituís vosso rei, vinde e repousai à minha sombra; mas se não o quereis, saia fogo do espinheiro e devore os cedros do Líbano!’. 19Se, pois, com lealdade e retidão agistes com Jerobaal e sua família no dia de hoje, alegrai-vos com Abimelec e que ele se alegre convosco. 20Mas, se não é assim, saia fogo de Abimelec e devore os habitantes de Siquém e de Bet-Melo. Saia fogo dos habitantes de Siquém e de Bet-Melo e devore Abimelec”.

Do Livro dos Juízes                 8,22-23.30-32; 9,1-15.19-20

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante