«MAS AQUELE A QUEM POUCO SE PERDOA, POUCO AMA»

«mas aquele a quem pouco se perdoa, pouco ama» Lc 7, 47

Quando sinto que me devo prostrar diante de Deus, colocar a minha cara sobre a terra, reconhecer-me pecador, pedindo perdão, não me sinto de modo nenhum humilhado, desprezado ou abandonado, mas sim, um homem feliz, cheio de confiança e esperança, porque sei que Deus me ama, olha para mim, toma-me pela mão, levanta-me do chão e diz-me ao coração:
Porque muito queres amar, muito conhecerás o amor, e assim, melhor te reconheces pecador, porque o pecado é sempre “desamor”, e Eu abomino o pecado, mas amo o pecador!

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante