Fuga de Davi


Naqueles dias: 21,2 Davi dirigiu-se a Nobe, para junto do sacerdote Aquimelec. Este foi ao encontro de Davi, cheio de apreensão, e perguntou-lhe: “Por que estás só? Não há ninguém contigo?” 3Davi respondeu ao sacerdote Aquimelec: “O rei me deu uma tarefa, recomendando-me com insistência: “Ninguém deve saber nada a respeito do encargo que te confio e imponho”. Por isso eu combinei com os meus servos um encontro em certo lugar. 4Agora, se tens à mão cinco pães, entrega-os a mim, ou qualquer coisa que tenhas disponível”.
              5O sacerdote replicou a Davi nestes termos: “Não tenho à mão pão comum, mas só pão consagrado. Poderás tomá-lo, se teus servos se abstiveram do contacto com mulheres”.6Davi respondeu ao sacerdote, dizendo: “Seguramente, tivemos que renunciar a mulheres; como acontece quando eu parto em expedição, os meus servos estão limpos. Embora se trate de um empreendimento profano, hoje, com maior razão, seus corpos estão puros”. 7Então o sacerdote entregou-lhe o pão consagrado, porque não havia ali senão os pães da proposição, que tinham sido tirados da presença do Senhor para serem substituídos por pães quentes.
              8Ora, achava-se ali, naquele dia, retido na presença do Senhor, um dos servos de Saul, chamado Doeg, o edomita, o mais forte dos pastores de Saul.
              9Davi ainda perguntou a Aquimelec: “Tens aqui à mão uma lança ou uma espada? Nem sequer tive tempo de pegar na minha lança e nas minhas armas, porque era urgente o encargo do rei”. 10O sacerdote respondeu: “Tenho a espada de Golias, o filisteu, que tu mataste no vale do Terebinto. Está embrulhada num pano, atrás do efod. Se quiseres, leva-a contigo, pois aqui não há nenhuma outra”. E Davi disse: “Não há outra melhor. Dá-me a espada!”
              22,1 Davi partiu dali e refugiou-se na caverna de Odolan. Quando seus irmãos e toda a sua gente souberam disso, foram juntar-se a ele. 2Com Davi agruparam-se todos os miseráveis, todos os devedores insolventes e toda sorte de revoltados e descontentes. Ele tornou-se o seu chefe. Eram cerca de quatrocentos homens.
              3De lá, Davi dirigiu-se para Masfa de Moab, e disse ao rei de Moab: “Permite que meu pai e minha mãe fiquem convosco, até que eu saiba o que Deus quer de mim”. 4Então deixou-os junto do rei de Moab, e ficaram com ele durante todo o tempo em que Davi permaneceu no seu refúgio.
              5Mas o profeta Gad disse a Davi: “Não fiques no teu refúgio. Parte e vai para a terra de Judá”. E Davi partiu e foi para o bosque de Haret.


Do Primeiro Livro de Samuel                 21,2-10; 22,1-5

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante