AMOR E EXIGÊNCIA

Preocupante é a tendência para desligar o amor e a exigência. Perdem os dois e perdemos todos. Não entendemos que o amor exige e que a exigência pode amorizar.

Tirar a exigência do amor banaliza o amor. Tirar o amor da exigência torna insuportável a exigência. O caminho é, pois, unir o amor e a exigência. Como notou São João Paulo II, o próprio Jesus é «um amigo exigente»: amigo porque exigente e exigente porque amigo.

Razão tinha, por isso, o Padre Henri Caffarel quando escreveu: «O teu amor sem exigência reduz-me, a tua exigência sem amor revolta-me, o teu amor exigente engrandece-me». Por conseguinte, amemos sempre com exigência e exijamos sempre com amor!



Frei Francisco Bezerra do Nascimento, OFMConv.

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante