A CANONIZAÇÃO MAIS RÁPIDA

Tudo foi breve em Santo António: a vida (não terá chegado aos 40 anos) e a canonização. Morreu a 13 de Junho de 1231 e foi canonizado a 30 de Maio de 1232. Ou seja, 11 meses e 17 dias após a morte já estava canonizado. Parece que o próprio «Guiness Book» regista Santo António como o recordista da canonização mais rápida de sempre.

Acontece que houve um santo canonizado ainda mais rapidamente: São Pedro de Verona. Com efeito, este santo morreu a 6 de Abril de 1252 e subiu aos altares a 9 de Março do ano seguinte. Tinham-se passado, portanto, apenas 11 meses e três dias após a sua morte.

O importante, porém, não é a rapidez da canonização. O importante é a santidade da vida. E, quanto a isso, Santo António, São Pedro de Verona e todos os santos foram luminosamente exemplares!



Frei Francisco Bezerra do Nascimento, OFMConv.

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante