VITÓRIA DA PALAVRA DE DEUS

Eu, João, 11vi o céu aberto, e apareceu um cavalo branco e o seu cavaleiro chama-se ‘fiel’ e ‘verdadeiro’. Ele julga e luta com justiça. 12Seus olhos são chamas de fogo. Sobre sua cabeça há muitas coroas. Ele traz um nome que ninguém conhece, a não ser ele mesmo. 13Está vestido com um manto embebido de sangue. Ele é chamado pelo nome de “Palavra de Deus”. 14Os exércitos do céu o acompanham, montados em cavalos brancos, com roupas de linho branco e puro. 15Da sua boca sai uma espada afiada, para com ela ferir as nações pagãs. Ele será o seu pastor, mas com um cetro de fero. Ele é quem pisa o lagar do vinho, que é a furiosa cólera de Deus, o Todo-poderoso. 16No manto e na coxa ele traz inscrito o seu nome: “Rei dos Reis e Senhor dos Senhores”. 17Vi então um anjo, em pé, no sol. Gritou em alta voz a todos os pássaros que voam pela abóbada celeste: “Vinde! Reuni-vos para o grande banquete de Deus, 18para comer carne de reis e de capitães, carnes de poderosos, carnes de cavalos e cavaleiros, carnes de todos os homens, livres e escravos, pequenos e grandes”. 19Vi então a besta reunida com os reis da terra e seus exércitos, para combater contra o Cavaleiro e seu exército. 20A besta, porém, foi aprisionada, junto com o falso profeta, que realizava milagres na presença da besta, seduzindo todos os que haviam recebido a marca da besta e adorado a sua imagem. A besta e o falso profeta foram lançados vivos no lago de fogo com enxofre ardente. 21E os outros foram mortos pela espada que saía da boca do Cavaleiro, e as aves se fartaram com as carnes deles.



Do Livro do Apocalipse 19,11-21

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante