O QUE ACONTECE OU (apenas) O QUE PARECE?

O pensamento devia começar por acolher a realidade. Mas, como notou Aliddu Krishnamurd, «o pensamento é tão astuto que distorce tudo para sua própria conveniência». E, deste modo, em vez de mostrar o que acontece, mostra o que parece. Sucede que do parecer ao ser pode ir uma grande distância. Decididamente, a conveniência não é o melhor guião para a decência!

Frei Francisco Bezerra do Nascimento, OFMConv.


You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante