VIA SACRA

IX ESTAÇÃO

jesus cai pela terceira vez

Nós Vos adoramos e bendizemos oh Jesus!

Que pela Vossa Santa Cruz remistes o mundo.

Mais uma vez as Tuas forças cederam e Tu, o Rei dos Reis, cais por terra.

Estás tão débil, tão esgotado que os soldados temem que não consigas chegar ao local da Crucifixão. E ajudam-te a levantar.

Não por compaixão ou piedade mas porque têm pressa de acabar com tudo antes do entardecer.

E Tu, num esforço tremendo, levantas-te outra vez.

Pouco falta agora. Em breve tudo se consumará.

Estes últimos metros que Te separam ainda do local do supremo sacrifício, parecem desmedidos.

Cada passo é um espasmo de dor; mas Tu, sempre sem um queixume, segues o Teu Caminho.

Também eu caí outra vez... e outra ainda.

Não três vezes, como Tu, meu Deus, mas muitas vezes.

Ah Senhor! Eu não quero cair mais nenhuma vez, mas conhecendo-me fraco e pusilânime, peço-te o Teu auxílio para me levantar sempre, custe o que custar.

A minha cruz também é pesada, mas com o peso das minhas próprias faltas, dos meus pecados, das minhas desistências, do meu orgulho, dos meus excessos, da minha concupiscência.

A Tua Cruz pesa muitíssimo mais e, no entanto, não há nela nada que seja Teu, todo, mas todo o seu peso esmagador, é o resultado dos pecados de toda a humanidade.

Quiseste que Te visse cair sob o seu peso, para me ensinares que posso levar a minha cruz, não obstante as quedas frequentes, as dificuldades e o esforço que implica.

No fim, estarás Tu para me tomares a cruz definitivamente e acolheres-me junto de Ti para todo o sempre.


Senhor: Tem piedade de nós

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante