NÃO TE APOQUENTES POR VEREM AS TUAS FALTAS

Quanto mais me exaltarem, meu Jesus, humilha-me mais no meu coração, fazendo-me saber o que tenho sido e o que serei, se Tu me deixares. (Caminho, 591)

Não te esqueças de que és... o depósito do lixo. – Por isso, se porventura o Jardineiro – divino lança mão de ti, e te esfrega e te limpa... e te enche de magníficas flores..., nem o aroma nem a cor que embelezam a tua fealdade devem pôr-te orgulhoso.


– Humilha-te; não sabes que és o caixote do lixo? (Caminho, 592)


Quando te vires como és, há-de parecer-te natural que te desprezem. (Caminho, 593)


Não és humilde quando te humilhas, mas quando te humilham e o aceitas por Cristo. (Caminho, 594)


Não te apoquentes por verem as tuas faltas. A ofensa a Deus e a desedificação que podes ocasionar, isso é que te deve doer.


– De resto, que saibam como és e te desprezem. – Não tenhas pena de seres nada, porque assim Jesus tem que pôr tudo em ti. (Caminho, 596)


São Josemaría Escrivá
 


NÃO TE APOQUENTES POR VEREM AS TUAS FALTAS NÃO TE APOQUENTES POR VEREM AS TUAS FALTAS Reviewed by Francisco Nascimento on 14:38 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.